Abordagem SCRUM e a SAP Activate

Tradicionalmente as soluções da empresa SAP sempre foram implantadas no modelo de cascata ou “waterfall” seguindo as fases da metodologia ASAP.

Com isso, a validação da solução só acontecia bem próximo da implantação, durante os ciclos finais de Testes Integrados ou no Teste de Aceite do Usuário (UAT).

E muitos problemas encontrados demandavam verdadeiros redesenhos da solução, o que quase sempre causava atrasos no projeto.

O modelo cascata também tem diversas ineficiências na alocação de recursos com várias frentes acontecendo em paralelo e competindo pelo tempo dos mesmos profissionais. Como resultado ou a gente alocava novos profissionais ao time (aumentado o custo) ou amargava atrasos no projeto.

Para solucionar este problema a nova Abordagem SAP Activate incorpora conceitos do SCRUM como Sprint Backlog, Sprint Review, Daily meetings, Scrum of Scrum, Burndown Chart entre outros, para ajudar as equipes de implantação a se tornarem mais eficientes.

A abordagem SCRUM é incremental e interativa, sendo assim os feedbacks são mais constantes. Com isso, as equipes passam a ter mais tempo para corrigir o rumo da solução.

Além disso, como no SCRUM o time de desenvolvimento se organiza em Sprints com durações definidas e objetivo comum, fica mais fácil para todos estarem alinhados com as prioridades do projeto.

Outro ponto relevante do SCRUM é o conceito de melhoria continua, onde se mede constantemente a performance da equipe e se estabelecem planos de ação para otimizar os processos internos.

Como você pode perceber, o casamento da SAP Activate com o SCRUM vai ser duradouro e traz inúmeros benefícios para os projetos de implantação.

Então, a minha pergunta é: “O que você está fazendo para entender a SAP Activate e se adaptar a estes novos tempos?”

Deixe seus comentários no campo logo abaixo do post!

Faça Parte da Nossa Comunidade no LinkedIn de SAP Activate e S/4HANA.

É só clicar no botão abaixo: